Atualizações sobre a COP24: Ações de base pela criação

Dezembro 6, 2018

Painel de discussão

Enquanto os líderes mundiais se reúnem na COP24 em Katowice, Polônia, indivíduos e comunidades em todo o mundo também tomam parte em ações pessoais e movimentos de base por justiça climática.

No dia 3 de dezembro, foi realizado um painel de discussão na Igreja de Santo Estêvão, em Katowice, com o tema: “A crise climática e o papel das comunidades de fé na justiça climática”. O evento contou com representantes de diversos movimentos ecológicos e religiosos, e teve a participação de pessoas de diferentes crenças e origens de vida. Entre eles, estava Andrzej Chwiluk, um veterano que trabalhou 25 anos em minas de carvão e que hoje é líder da maior federação de união mineradora da Polônia. Andrzej falou sobre a necessidade de um diálogo honesto e uma transição justa para formas de energia renovável. “Em 2010, liderei 40.000 pessoas em protesto contra o fechamento das minas de carvão. Hoje, estando ciente da ameaça [do aquecimento global], quero fazer alguma coisa contra as mudanças climáticas!… Para mim, o que falta no processo é um diálogo honesto… A transição justa é o único caminho a seguir”.

Fitinhas com orações

Pessoas de todo o mundo também demonstraram apoio à Peregrinação pelo Clima enviando orações e mensagens aos peregrinos em sua jornada de 1.500 quilômetros. Essas mensagens foram escritas em fitinhas de orações, que os peregrinos carregaram por seis países e mais de 60 cidades. As fitinhas em breve serão entregues aos líderes mundiais em sua chegada à COP24, reforçando o urgente apelo por justiça climática.