Acordo Global sobre o Clima

Este ano, o Movimento Católico Global pelo Clima oferecerá oportunidades para você se envolver e fazer com que o mundo se comprometa com uma ação mais ambiciosa visando a justiça climática. Nós daremos notícias por e-mail. Junte-se a nós para se envolver.

Acordo de Paris

No ano de 2015, em Paris, países concordaram com um modelo para limitar as emissões de gases de efeito estufa. Este modelo é frequentemente chamado de “Acordo de Paris”.

  • Em sua carta encíclica sobre a ecologia e as mudanças climáticas, a Laudato Si’, o Papa Francisco diz que “a interdependência nos obriga a pensar num único mundo, num projeto comum”. (164)
  • Em 2015, para alcançar a visão do Papa Francisco e da Igreja na cúpula de Paris, o Movimento Católico Global pelo Clima coletou quase 1 milhão de assinaturas e mobilizou 40.000 pessoas para marchar pedindo por um ambicioso Acordo de Paris.
  • Em 2017, o MCGC produziu um guia de orações para o encontro que estabeleceu um “livro de regras” para o acordo de Paris.

Em 2018, a liderança católica será essencial para demonstrar clareza moral à medida que os países anunciam seus novos planos climáticos nacionais (também conhecidos como NDCs). Consulte Mais informação

Compromisso e Unidade

Todos os países da Terra são agora parte do acordo de Paris. Os Estados Unidos disseram que desejam se retirar, mas, de acordo com os termos do acordo, isso não pode acontecer até 2020.

O acordo significa que progressos concretos na questão climática estão ao nosso alcance. Junto com Jeremias, nos regozijamos no Criador, que nos dá “esperança e um futuro”.

No entanto, o acordo é apenas o primeiro passo. Os governos devem agora melhorar e cumprir suas promessas urgentemente. Esta é a nossa maior esperança para evitar o aquecimento acima de 1,5 graus.