Formando futuros líderes através da Laudato Si’

Julho 6, 2020

Enélida Hernández (não se encontra na foto) ajudou seus alunos a se conectarem com a natureza no início do ano antes da pandemia do coronavírus.

Enélida Hernández, das Ilhas Canárias na Espanha, notou que seus alunos não tinham uma conexão com a natureza.

Eles não jardinavam e raramente passavam um tempo longe de sua cidade de 50.000 pessoas, em solidão com a natureza.

De fato, o conhecimento deles sobre o mundo ao seu redor era tão escasso que eles não entendiam de onde vinha a comida e quem a produzia.

Os alunos não sabiam que as vacas produzem leite ou que as batatas vêm do solo.

“A comida vem do shopping”, Enélida se lembra de seus alunos pensando. “Eles veem todos os produtos lá. . . Os alunos estão muito longe da natureza.”

Com a Laudato Si’ em mente, ela está mudando isso. No início deste ano, Enélida usou a encíclica transformadora do Papa Francisco sobre mudança climática e ecologia e seu treinamento como Animadora Laudato Si’ para educar seus alunos e transformar sua escola.

Enélida Hernández

Enélida ensina espanhol, literatura e preparação para a faculdade para cerca de 200 estudantes de 12 a 17 anos nas Ilhas Canárias. Ela também atua como coordenadora pastoral de sua escola católica.

Para ajudar seus alunos a apreciar a natureza, ela fortaleceu o projeto da escola com a Cáritas Diocesanas e ajudou um grupo de estudantes a cultivar 1/4 de hectare de jardins urbanos.

Os alunos plantaram, regaram e colheram os legumes, incluindo cebola, tomate, alface, couve e batata. (Os alunos não vão mais se perguntar sobre a origem da batata.)

Em janeiro e fevereiro, antes da pandemia do coronavírus atingir a Espanha, 45 estudantes passaram pelo menos duas horas por semana cuidando dos pomares e se aproximando da criação.

O compromisso deles era tão forte que alguns optaram por passar as manhãs de sábado cuidando dos pomares em vez de dormir na cama.

Os alunos de Enélida se aproximaram da criação no início deste ano.

Em março, Enélida se matriculou no programa de Animadores Laudato Si’ do Movimento Católico Global pelo Clima, onde recebeu um treinamento profundo online e gratuito em seu idioma sobre os princípios da Laudato Si’ e as principais causas das mudanças climáticas.

Esse treinamento a ajudou a ampliar verdadeiramente a mensagem de esperança e ação da Laudato Si’ para a criação em toda a escola.

Todo Animador Laudato Si’ termina o treinamento com um projeto final. Para ela, Enélida lançou um Círculo Laudato Si’, pequenos grupos que se reúnem regularmente para aprofundar seu relacionamento com Deus como Criador e toda a criação.

Ela se conectou com seus colegas professores, que também queriam melhorar o relacionamento de seus alunos com a criação, e os professores se reuniram quinzenalmente (online), unindo-se em solidariedade à oração e reflexão.

Mais tarde em suas reuniões do Círculo, eles pensaram em maneiras de trazer os ensinamentos da Laudato Si’ para todas as disciplinas que a escola oferece.

“Sentimos a necessidade de ensinar às crianças outro modo de vida, a respeitarem a si mesmas, respeitarem os outros e respeitarem a natureza”, afirmou.

Por exemplo, em economia, eles concordaram em conectar o ensino da globalização com a forma como a Laudato Si’ aborda o tópico. Nas aulas de espanhol, os professores começarão a atribuir e ler textos que tenham uma conexão com os temas e mensagens vivificantes da Laudato Si’.

Classe por classe e aluno por aluno, Enélida está ajudando a transformar o presente e o futuro de sua comunidade.

“Estamos trabalhando para cuidar da nossa casa comum”, disse Enélida. “A mudança climática é urgente. . . Eles entendem que precisam ter uma solução para esse problema.”